Leia! - A Menina que roubava Livros

9 de mar. de 2010


0
O livro sugerido nessa semana é um romance do escritor australiano Marcus Zusak e chama-se "A menina que roubava livros". O livro conta as aventuras de Liesel Meninger na Alemanha nazista entre 1939 e 1943. A história é narrada pela Morte e, durante esse período, Leslie (a roubadora de livros) encontrou-se com a narradora diversas vezes. O autor aborda diversos temas ao longo do livro, entre eles a situação em que se encontravam as pessoas na Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial, bem como a busca pela sobrevivência.

A menina roubou seu primeiro livro, com nove anos de idade, no dia da morte de seu irmão caçula. Liesel não podia sequer lê-lo. Ela nunca tinha sido educada corretamente, e não sabia ler. Em meio a esse cenário de violência e tristeza, Liesel é abandonada por sua mãe, para não morrer em um campo de concentração e entregue a um casal alemão, moradores de uma cidade próxima a Munique.

Adotada por essa família, lentamente ela aprendeu a ler, e aprendeu também a incrível força das palavras. No meio de uma época onde as palavras foram usadas para justificar acontecimentos terríveis e inspirar nacionalismo e ódio, Liesel usou as palavras para unir, capacitar e compreender.

Sobre o autor: Aos 30 anos, Markus Zusak já se firmou como um dos mais inovadores e poéticos romancistas dos dias de hoje. Com a publicação de "A Menina que Roubava Livros", ele foi batizado como um "fenômeno literário" por críticos australianos e norte-americanos. Zusak é o autor vencedor do prêmio de quatro livros para jovens: "The Underdog", "Fighting Ruben Wolfe", "Getting the Girl", e "Eu Sou o Mensageiro", receptor de um Printz Honor em 2006 por excelência em literatura jovem. Markus Zusak vive em Sydney com sua esposa e sua filha. Gosta de surfar e assistir filmes em seu tempo livre.

Compare preços do livro aqui.

0 comentários:

Postar um comentário

Sugira, critique, elogie! Deixe seu comentário!