Leia! - O Silêncio da Chuva

2 de mar. de 2010


1
Um erro grave de muitos sites (incluindo blogs) é a péssima escrita. E nem estou falando do "internetês": vc, bjs, eh..., e muito menos de errar um acento nos "quês", ou escrever "porque" junto quando deveria ser separado, o grande problema são os erros grotescos que vemos por aí, como "mendingo", "passiente", "ingnorante", "mortandela"... com certeza você já encontrou erros em vários cantos da internet (tomara que não por aqui).

Por isso, o Leia Primeiro começa nesta terça-feira a sugerir livros, ou revistas... textos impressos "oficiais", no sentido de ter pelo menos um bom corretor ortográfico, para que, mesmo na internet, você caro leitor não perca o gosto pela Língua Portuguesa, não deixe de prezar por escrever bem, num bom e claro Português.

Entendemos sim, que nem sempre comprar livros é barato, principalmente no Brasil. Mas isso não é um motivo ou até mesmo uma desculpa para que você não leia livros. Lembramos que para a leitura, não é necessário comprar obras, pois há sim bibliotecas públicas e sempre há conhecidos que possuem livros. Sem esquecer do Domínio Público - obras gratuitas disponibilizadas pelo governo via internet (como já mencionamos aqui em um de nossos primeiros posts).

Então para começar, sugerimos o ótimo livro O Silêncio da Chuva, do escritor brasileiro Luiz Alfredo Garcia-Roza. A trama se passa no Rio de Janeiro da década de 90, quando um executivo é encontrado morto com um tiro dentro de seu carro. A primeira vista, tudo conspira ao suicídio do personagem. Porém, o investigador responsável Espinosa não está tão certo desta hipótese, e começa a ir atrás de pistas.

O livro é muito bem escrito e possui uma leitura fácil; Garcia-Roza descreve muito bem todos ambientes, todos os detalhes. O leitor certamente se imaginará dentro do livro, fazendo parte da cena como um observador em silêncio.

O Leia Primeiro deseja, então, uma ótima leitura!

Compare preços do livro aqui.

1 comentários:

Anônimo disse...

Já li esse livro, é bom mesmo.

Postar um comentário

Sugira, critique, elogie! Deixe seu comentário!