Leia! - Memórias Póstumas de Brás Cubas

6 de abr. de 2010


0
Hoje recomendamos o romance Memórias Póstumas de Brás Cubas, daquele que foi o maior nome da literatura brasileira, Machado de Assis.

Com tom sarcástico e irônico, Memórias póstumas de Brás Cubas é um dos romances mais conhecidos de Machado de Assis. Publicado em 1881 em um folhetim, o livro marcou o início do Realismo brasileiro.

A história é contada em primeira pessoa pelo personagem Brás Cubas que, nesse momento encontra-se já em seu túmulo. O defunto reconta sua própria vida, do fim para o começo, vida essa marcada pela total falta de ralizações. Brás Cubas fora um adulto leviano que sempre procurava tirar vantagens de qualquer situação, consequência essa da sua infância abastada e protegida.

Quando alcança a maturidade, Brás consegue ocupar um cargo público e busca o respeito na tentativa de tornar-se ministro. Pouco antes de seu falecimento, o personagem tenta ainda inventar uma última maneira de se perpetuar, através da criação de um emplasto, medicamento esse que ele não consegue criar. Enfim, a trama é divertida e o autor insere o egoísmo, a hipocrisia e vaidade humana na narrativa irônica e ácida do completo parasita que foi Brás Cubas na sociedade burguesa. Boa leitura!

Compare preços do livro aqui.

0 comentários:

Postar um comentário

Sugira, critique, elogie! Deixe seu comentário!